segunda-feira, 12 de junho de 2017

VOCÊ SABE COMO É DADO O NOME DE GIBI OU hQ EM OUTROS PAÍSES NÃO ? LEIA E SABERÁ


Em cada país que a arte sequencial em quadrinhos (HQ ou GIBI) foi desenvolvida, um nome específico, assim como estilos e características próprias, lhe foi dado. Confira a seguir os nomes que as HQs ganharam ao redor do mundo e seu País de origem:
Mangá (Japão): primeiramente publicados em revistas com mais de 500 páginas com inúmeras histórias de vários autores. Posteriormente os títulos de sucesso têm seus capítulos reunidos em compilações de 200 páginas por volume conhecidas como tankobon ou tankohon. Há mangás para todos os gêneros e idades. Normalmente são publicados em preto e branco.
Comics (EUA e Canadá): são os famosos gibis de super-heróis – embora os comics sejam bem mais abrangentes (há quadrinhos sem seres cheios de poder, como por exemplo, Archie, que é voltada para adolescentes). Os quadrinhos americanos são coloridos e suas revistas tem em torno de 32 páginas. As tiras (ou “comic strips”) são uma variedade dos comics. Elas são publicadas em jornais diários em preto e branco. Peanuts (Snoopy e Charlie Brown), O Fantasma, Calvin, Harold, Flash Gordon e Tarzan são personagens famosos desse tipo de publicação.
Banda Desenhada/Bande Dessinée (França, Bélgica): é como são conhecidos os quadrinhos franco-belgas. São geralmente publicados inteiramente coloridos e em formato grande como Asterix e As Aventuras de Tintim.
Fumetti (Itália): sempre em preto e branco e em um formato pequeno. Foi assim que as aventuras de Zagor e Tex, exemplos de HQs italianas famosas, foram publicadas.
Manhwa (Coreia): são os quadrinhos coreanos que bebem da mesma fonte dos mangás japoneses. Ragnarok e Tarô Café são exemplos de sucesso das HQs oriundas da Coreia.
Manhua (China): assim como os mahwas, os quadrinhos chineses seguem o estilo japonês dos mangás, no entanto, são pouco conhecidos mundialmente.
Historietas (Argentina): é assim que as HQs dos nossos “hermanos” são conhecidas. As historinhas estreladas pela menina Mafalda são uma das grandes referências. A tirinha Macanudo, do Liniers, é o maior sucesso atual.
Gibi, HQ, Revistinha em quadrinhos (Brasil): são algumas denominações usadas no Brasil para a arte sequencial. Porém, diferente de outros países, não são, necessariamente, o nome dos quadrinhos produzidos no País.
Tebeos (Espanha): a comédia pastelão Mortadelo e Salaminho é uma das mais famosas do País.
Outros:
Muñequitos (Cuba)
Histórias aos quadradinhos (Angola)
Banda Desenha ou BD (Portugal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário