quinta-feira, 9 de março de 2017

COMO É FEITA A DUBLAGEM DE SEUS GAMES FAVORITOS ?


Conheça o processo para dar interpretação nacional aos grandes jogos - e os "donos da voz" de alguns dos personagens mais icônicos dos últimos anos

Apesar da localização para o português em games ter se tornado comum, o processo que ela demanda não é moleza. Conversamos com o diretor e produtor de dublagem Cristiano Prazeres, do Maximal Studio, localizado na cidade de São Paulo, e com Marcelo Caodaglio, que dá voz a Johnny Cage em Mortal Kombat X para entender este procedimento.
A voz do povo
PUBLICIDADE
Uma das habilidades mais importantes dos dubladores é a versatilidade de vozes. Cristiano conta que os atores precisam fazer jornada dupla em alguns games: “Um jogo com 200 personagens nem sempre tem 200 vozes diferentes. Vira um quebra-cabeças, pois temos que ter certeza que nenhum dublador fale com ele mesmo em uma cena.” Outra parte importante do processo é a adaptação à cultura brasileira. “No Mortal Kombat X, fizemos várias piadinhas com contextos tipicamente brasileiros”, explicou Marcelo. “O teor da piada continuava o mesmo, mas adequado para a nossa realidade.” Para diversificar ao máximo o elenco de vozes, os estúdios preferem chamar atores do mesmo gênero e idade dos personagens que vão dublar. Alguns podem até interpretar mais de um personagem, mas fazer voz falsa decriança ou velho, jamais!


Processo lento
Tudo começa com a tradução dos textos e diálogos do jogo. “A adaptação para o português é a parte principal desse procedimento para termos uma ótima qualidade na hora das gravações”, conta Cristiano. A tradução é aprovada pela distribuidora e, antes de entregá-los aos dubladores, o estúdio faz ajustes para deixar as falas mais naturais na hora da gravação. “Temos a liberdade de ajustar os textos para que eles combinem perfeitamente com a versão do áudio original”, diz. É aí que começa o trabalho pesado para gravar, em média, 25 mil diálogos e locuções. “Um jogo padrão é um trabalho que dura de 20 a 25 dias, com gravações diárias”, explica Cristiano. “Agora, se o projeto for em lotes picados, pode demorar de dois a três meses.” A localização é finalizada no máximo dois meses antes do lançamento, para haver tempo de fazer testes finais e corrigir eventuais problemas.
Ossos do ofício
Ao contrário das dublagens de filmes e séries, raramente as distribuidoras dão acesso às cenas originais dos jogos, o que adiciona um nível a mais dedificuldade no trabalho do dublador. Segundo Cristiano, só algumas vezes eles contam com apoio de imagens para gravar, “e mesmo assim, são apenas as cutscenes”. Ou seja, a dublagem dos diálogos que acontecem durante o jogo em si é feita às cegas. “É tudo em cima do áudio original mesmo”, explica. Sobre a limitação, Marcelo lamenta: “É uma pena. Muito do contexto usado para uma boa interpretação acaba se perdendo por causa disso.”



Quem dá a voz

Guilherme Briggs
Guilherme Briggs: Superman em Injustice, Bane em Arkham Origins, Han Solo em LEGO Star Wars

Philippe Maia
Philippe Maia: Jacob Frye em Assassin’s Creed: Syndicate, Lanterna Verde em Injustice

Luiza Caspary
Luiza Caspary: Ellie em The Last of Us, narradora de Child of Light, Elena em Uncharted 3

Márcio Simões
Márcio Simões: Coringa na série Arkham, Nathan em Beyond: Two Souls, Tyrael em Diablo III

Marcelo Caodaglio
Marcelo Caodaglio: Johnny Cage em Mortal Kombat X, Bandit em Rainbow Six Siege

Ettore Zuim
Ettore Zuim
Batman em Arkham Knight, Shen em League of Legend
s

Nenhum comentário:

Postar um comentário