segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

A ESCRAVAISAURA É DISPITA DE NOVOS REMAKES ENTRE RECORD E GLOBO SAIBA TUDO

Divulgação
Cena de "A Escrava Isaura"


imagem: Divulgação


Por “pressão” de fora, a Record e a produtora Casablanca planejam gravar novas versões da novela “A Escrava Isaura”. No plural mesmo! O assunto entrou em discussão há poucos dias, mobilizando representantes das duas empresas, com grandes chances de ganhar contornos definitivos muito em breve.
Segundo apurado, a ideia é fazer um remake puro e simples da história de Bernardo Guimarães, que já teve Lucélia Santos (Globo) e Bianca Rinaldi (Record) como protagonistas para, depois, estender a história para as novas gerações, entre filhos e netos. Lembrando que a Record já exibiu, e até com relativo sucesso, um trabalho de Gustavo Reiz, “Escrava Mãe”, protagonizado por Gabriela Moreyra, baseado neste mesmo universo.
Mas por que voltar ao tema se ele já foi tão esmiuçado? Por pressão do mercado internacional! Constatou-se que a obra ainda possui um enorme interesse de TVs de outros países, desde que a “entrega” aconteça dentro dos novos padrões tecnológicos, uma vez que a de 2004, dirigida por Herval Rossano, ficou ultrapassada.
Resumindo: as novas “Isauras”, se tudo se confirmar, serão gravadas em 4K, como todas as últimas novelas da casa sob a gestão da Casablanca.
Na mira
Se ainda não foi, Bianca Rinaldi será chamada pela parceria Record-Casablanca para participar de um desses novos trabalhos, que irão se originar de “A Escrava Isaura”. Atualmente, a atriz cumpre jornada no teatro com a peça “Nove em Ponto”, sucesso em São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário