domingo, 16 de outubro de 2016

DO QUE SE TRATA SEGREDO DE JUSTIÇA COM GLORIA PIRIS DESCUPLA AQUI ESTE SEGREDO


Glória Pires em 'Segredos de Justiça' (Foto: Renato Rocha Miranda/Rede Globo)
Glória Pires em ‘Segredos de Justiça’ (Foto: Renato Rocha Miranda/Rede Globo)
A Rede Globo estreia esta noite, 9 de setembro, sua nova proposta de série dramática.
Trata-se de Segredos de Justiça, adaptação de Thiago Dottori (Antônia, Psi) e Teodoro Poppovic (Destino: São Paulo) do livro de crônicas A Vida não é Justa, escrito pela juíza Andréa Pachá.

Ao todo, foram produzidos cinco episódios para a primeira temporada, cada um com cerca de quinze minutos de duração.
A série utiliza a narrativa docudrama, termo utilizado na TV americana para descrever produções que fazem uso de uma narrativa documental na qual são apresentados depoimentos de pessoas reais intercalados com as encenações das situações comentadas.
No caso de Segredo de Justiça, o que teremos é um falso docudrama porque o público acompanhará um caso por episódio sendo que, ao final de cada história, serão apresentados alguns depoimentos. No entanto, estes depoimentos não são feitos pelos protagonistas da história na vida real, mas por atores desconhecidos do grande público que interpretam ‘as pessoais reais’ do caso narrado.
Cada episódio apresentará um caso diferente que será levado à uma juíza da vara de família (Glória Pires) para ser julgado.
No primeiro, que traz o título de Mais Valem Dois Pais, Cristiane (Natalia Lage) engravida de Túlio (Igor Angelkorte), que a abandona. Amigo de infância de Cristine, Emerson (Marcello Melo Jr) registra o menino no cartório e se torna pai do menino. Mais tarde, Cristine se afasta do filho e do amigo por alguns meses para se reencontrar com Túlio, com quem se reconcilia. Isto faz com que o casal decida entrar na justiça para obter a guarda do filho.
Os episódios seguintes são:
O que os olhos não veem (16/10)
Zé Pernambuco (Nelson Freitas) é um homem que ao falecer, deixa a esposa Marta (Heloísa Périssé), com quem teve três filhos, e uma amante, Eliana (Julia Rabelo), que está grávida. Agora as duas mulheres lutam na justiça para receber a aposentadoria deixada por Pernambuco.
Cale-se para sempre (23/10)
Carol (Lellezinha) conhece Dudu (Guilherme Lobo), com quem inicia um relacionamento. Um dia ela descobre que ficou grávida do rapaz. Embora não esteja nos planos do casal constituir uma família, tanto os pais dela (Fábio Lago e Juliana Alves) quanto os dele (Georgiana Goes e Rafael Cardoso) querem obrigar os dois a se casarem para criarem juntos o filho.
Papai Noel não existe (30/10)
O relacionamento de Tamara (Ana Julia Dorigon) e João (Guilherme Hamacek) termina sem que ele saiba que a namorada está grávida. Quatro anos depois, Tamara morre deixando Jade aos cuidados de seu pai, Arlindo (Tonico Pereira). Após seis anos cuidando da neta, Arlindo procura João e lhe revela que ele tem uma filha. Este aceita assumir a paternidade da menina e pagar uma pensão, mas se recusa a conhecê-la.
Um dia de cada vez (6/11)
Ao retornar depois de 45 dias de trabalho em uma plataforma marítima, Carlos (Felipe Camargo) encontra a casa imunda, os filhos sujos e a mulher, Sueli (Gisele Froes), em profunda depressão. Sueli é internada para tratamento médico e se afasta da família. Dois anos depois, ela volta para reivindicar a guarda das crianças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário