domingo, 15 de maio de 2016

A NOVA MORTE DO SUPERMAN JÁ ESTA ESCRITA E DESENHADA


 
Em Superman #51, depois do seu duelo contra Vandal Savage, que vinha sendo construído durante todo o arco "Truth" (em que Superman perde seus poderes e tem sua identidade secreta revelada ao mundo), Kal-El diz que está morrendo. Em entrevista ao CBR, o roteirista Peter J. Tomasi falou sobre a história "The Final Days of Superman", que acompanhará Clark Kent lidando com seus últimos dias e despedindo-se de aliados e amigos (alguns deles inclusive herdarão seus poderes).
"A coisa vinha sendo construída, mesmo em outras séries, como JLA, em que Superman batalha Rao, a câmara de kryptonita, e o que acontece com ele em Apokolips durante 'Darkseid War'. A crise de identidade e todas essas coisas vinham afetando Superman de formas que não eram completamente óbvias. Pouco a pouco fomos mostrando que algo terrível estava errado com ele", diz o roteirista. Segundo Tomasi, "The Final Days of Superman" será o ápice dessa jornada de ruína, terá oito partes e se desdobrará entre os títulos da linha Super na DC entre abril e maio, antes da nova fase do Universo DC.
Tomasi diz que não queria emular a morte anterior do Homem de Aço na nova história. "Eu realmente queria fazer uma história sobre a personalidade de Superman, botar o coração na ponta do lápis, para que a ação não dominasse demais a jornada pela qual Superman está passando - sua última jornada. Era importante abraçar o enfoque humanista e não a ação grandiosa", diz. "Ele sabe que está deixando pessoas para trás que são capazes de enfrentar qualquer situação que apareça. Ele confia nessas pessoas. Pela minha experiência, vejo as pessoas lutando inicialmente [contra a morte] mas então percebem que estão deixando para uma grande família."
O roteirista permanecerá na série Superman a partir de junho (reformulação que inclui um novo uniforme para o herói) e, embora o Homem de Aço pré-Novos 52 esteja voltando à cena, Tomasi diz para os leitores esperarem"definitivamente algo novo""Também vai ter um lado emocional. Já vi os desenhos da primeira edição, de Doug Mahnke, e ficou espetacular. As pessoas devem pensar que Superman: Rebirth tem um enfoque diferente das outras séries de Rebirth, baseado no que está acontecendo agora e no que veio antes. Só posso dizer isso."

Nenhum comentário:

Postar um comentário