domingo, 14 de fevereiro de 2016

6 COISAS QUE VOCÊ NEM IMAGINARIA NO FILME NOS TEMPO DA BRILHANTINAS DESVENTAVAS AQUI PRA VOCÊ


Muito antes de High School Musical, um grupo muito especial já cantava nos corredores do colégio. Danny, Sandy, Rizzo, Kenickie e tantos outros personagens icônicos de Grease - Nos Tempos da Brilhantina.

Bem antes de chegar às telonas e arrecadar quase 400 milhões de dólares nas bilheterias mundiais, Grease começou como uma peça de teatro em um celeiro de Chicago. O redator publicitário Jim Jacobs e o professor de artesWarren Casey escreveram o roteiro, as letras das canções e compuseram as músicas para comemorar o estilo 'doo-wop' dos anos 50. Então, em 1972,Grease ganhou os palcos off-Broadway, em Nova York, e foi vista pelo produtor Allan Carr, que pegou os direitos do filme e levou para a Paramount.

O longa recebeu um orçamento de 6 milhões de dólares e foi gravado, durante dois meses, na escola Venice High School e em outras locações de Los Angeles. Então, recentemente, Grease - Nos Tempos da Brilhantinaganhou um novo formato: um remake, que foi transmitido ao vivo pela FOX, estrelada por Julianne Hough (Rock of Ages), Aaron Tveit (Os Miseráveis) eVanessa Hudgens (High School Musical).

Já que estamos nesse clima nostálgico, que tal ver cinco curiosidades deGrease? Confira abaixo e conte para a gente o que achou.

05. Escalação

Carrie Fisher poderia ter vivido a personagem Sandy.
Impossível imaginar Danny e Sandy vividos por outros astros que não John Travolta e Olivia Newton-John, certo? Pois é, mas eles não foram as primeiras escolhas para os papéis. A produtora Paramount queria que o protagonista, Danny Zuko, fosse intepretado por Henry Winkler. Diversas atrizes também foram consideradas para interpretar Sandy, entre elas, a princesa LeiaCarrie FisherSusan DeyDeborah Raffin e a cantora Marie Osmond. Só que esta última protestou quanto à trasição da personagem de boazinha para motoqueira sexy. Já o treinador Calhoun quase foi interpretado por Harry Reems, que ficou famoso por estrelar o pornô Garganta Profunda. Mas, eventualmente, a Paramount o substituiu por Sid Caesar.

04. Garota australiana

Em Grease, sabemos que Sandy se muda para os Estados Unidos, a partir da Austrália. Mas a personagem nem sempre foi australiana. Era para a protagonista ser americana, mas sua intéprete, Olivia Newton-John, que é inglesa, ficou preocupada de não conseguir fazer um sotaque americano. Então, o produtor Allan Carr reescreveu a personagem.

03. A influência de Travolta

Na produção da Broadway, na qual Grease foi inspirada, o personagem Kenickie (Jeff Conaway) comandava o número de dança de "Greased Lightning", de Elvis Presley. MasJohn Travolta queria todos os requebrados de quadril para si, por isso, pediu para protagonizar a música. O ator disse, em uma entrevista à Vanity Fair, que queria o número de dança. E, como tinha influência, conseguiu.

02. Quase ficou de fora

Uma das cenas mais marcantes do filme quando Rizzo (Stockard Channing) canta "There Are Worse Things I Could Do" - música que, recentemente, foiinterpretada de forma emotiva por Vanessa Hudges no Grease: Live. Só que essa canção quase não entrou no filme. Isso porque Allan Carr não estava muito confiante com o número musical. Segundo Channing, ele achou que era deprimente demais. De fato, 20 músicas originais da peça teatral foram cortadas completamente ou reduzidas a música de fundo.

01. Uma continuação?

Você pode até pensar queGrease 2 - Os Tempos da Brilhantina Voltaram seja uma continuação de Grease - Nos Tempos da Brilhantina. Mas, originalmente, havia planos para uma sequência que seria focada no casamento de Rizzo (Stockard Channing) e Kenickie (Jeff Conaway) e se chamariaSummer School. Entretanto, ela nunca foi feita e, em 1982, estreou Grease 2, estrelado porMaxwell Caulfield e Michelle Pfeiffer.

Grease - Nos Tempos da Brilhantina Trailer

Nenhum comentário:

Postar um comentário