quarta-feira, 6 de maio de 2015

5 GIBIS MELHORES JÁ FEITO DO DEMILIDOR

A série do Demolidor, fruto da parceria entre Marvel e Netflix, muito boa bem legal vale a pena vêr, . O herói, que é o favorito de muitos leitores de quadrinhos, será o primeiro a receber série própria na Fase 1 do acordo da Casa das Ideias com o serviço de streaming. Depois dele, teremos Jessica JonesLuke Cage ePunho de Ferro, com uma quinta série chamada Defensores, que promete juntar todos esses heróis.
Com um extenso planejamento para as séries que começa com Demolidor e converge com o universo cinematográfico, a Marvel reapresenta o personagem e faz o público esquecer do filme com Ben Affleck que a Fox lançou na década passada. A promessa dessa vez é ilustrar o mundo do herói com seriedade, violência e uma abordagem fiel aos quadrinhos.
Por isso, para acompanhar o programa o Estação Geek preparou uma lista com cinco grandes HQs do Homem Sem Medo. Confira abaixo e nos diga qual seria a sua lista.

5. Fim dos Dias

Daredevil-End-Of-Days
Recentemente publicada pela Panini em dois encadernados, esta minissérie retrata o final de carreira e repercussões causadas pela morte do Demolidor. Isso mesmo, aquiMatt Murdock está morto e a trama é protagonizada pelo repórter Ben Urich, que investiga um fato curioso relacionado a morte do herói. Acontece que em seu último sopro de vida, Mattproferiu a palavra “Mapone” e Urich, que deve muito ao Demolidor, resolveu não descansar até descobrir o significado daquela palavra. Pra isso, ele dá de cara com outro vigilante que parece ser o próprio Demolidor e explora boa parte da mitologia do personagem.
Com participações de ElektraJusticeiroNick Fury e outros personagens que tiveram relação com o Demolidor em sua longa carreira como herói, a minissérie consegue dar uma boa amostra da importância do personagem para o Universo Marvel. Para segurar a atenção do leitor durante toda a trama, a resolução do mistério fica para as últimas páginas.
Roteirizada por especialistas no personagem como Brian Michael Bendis e David Mack, além de ter ilustradores do calibre de Klaus JohnsonBill Sienkiewicz e Alex Maleev, essa HQ é um verdadeiro clássico moderno e merece figurar entre as melhores do personagem.

4. Demolidor de Mark Waid

Daredevil-waid1
Depois de muitas sagas sombrias e momentos difíceis, nesta fase elogiadíssima oDemolidor ganhou um tom mais leve e feliz. O veterano roteirista Mark Waid conseguiu revigorar por completo as HQs do Homem Sem Medo e com isso emplacou um Eisner, prêmio máximo dos quadrinhos. Com a bela arte de Paolo Rivera, aqui existe um resgate ao herói típico da Era de Prata dos quadrinhos, antes da tendência por realismo iniciada nos anos 80.
Ao longo desta fase temos participações do Homem-AranhaHomem de Ferro e outros personagens, além de confrontos do herói envolvendo vilões clássicos como o Homem-Toupeira e Klaw. Dando novos ares à Cozinha do Inferno e explorando Matt Murdocktanto como herói quanto como advogado, este é sem dúvida um ótimo ponto de partida para quem pretende conhecer o personagem e prefere uma leitura mais atual.
Já foram publicados seis encadernados desta premiada fase pela editora Panini e caso você tenha como adquirir este material faça isso, pois será difícil se arrepender.

3. Diabo da Guarda

Daredevil-smith-quesada
Escrita pelo conhecido cineasta Kevin Smith e com arte icônica dos anos 90, que mostraJoe Quesada em sua melhor forma, Diabo da Guarda é o pontapé inicial do selo Marvel Knights, sendo também facilmente indicada para leitores novatos. Trata-se de uma abordagem marcante ao aspecto religioso da mitologia do Demolidor, que aqui precisa testar sua fé.
A trama envolve o surgimento de um bebê que pode ser o anticristo e traz participações daViúva Negra, como também a prisão do velho amigo Foggy Nelson, que é sócio deMatt no escritório de advocacia. Um adversário misterioso tem como alvo o Demolidor e em meio às dificuldades o protagonista deve garantir a segurança da criança. O encerramento desta história surpreende com a revelação da verdadeira identidade do vilão, que no fim de seus planos esclarece suas motivações e tudo se encaixa perfeitamente.
Esta saga faz parte da coleção de encadernados com capa preta da editora Salvat.

2. Homem Sem Medo

daredevil-man-without-fear
A clássica e definitiva origem escrita por Frank Miller não poderia deixar de aparecer nesta lista. Uma releitura que se assemelha ao clássico Ano Um do Homem-Morcego, também escrito por Miller, que mostra as raízes do personagem, como adquiriu seus poderes e como perdeu o pai muito cedo. Jack “Batalhador” Murdock era boxeador e perdeu a vida quando Matt ainda era criança após não cumprir com a ordem de criminosos de entregar uma luta. O pequeno Matt não tinha vida fácil no colégio e perdeu a visão ao salvar um idoso de um atropelamento, mas sem saber que aquele evento mudaria sua vida para sempre.
Ao mesmo tempo em que ficou cego, Matt adquiriu habilidades únicas e com isso tornou-se o Homem Sem Medo. Aqui vemos o treinamento ninja com o mestre Stick e seus primeiros encontros com Elektra e o arqui-inimigo Rei do Crime. Este é um dos trabalhos mais celebrados de Miller, com desenhos de John Romita Jr., fazendo parte do fantástico acervo da dupla na década de 80. Quando vemos o uniforme preto na série, que é primeiro do personagem como vigilante, fica evidente uma das maiores influências do programa.
Infelizmente o último encadernado desta HQ se encontra esgotado, mas por se tratar de material clássico e o personagem estar em alta deve haver republicação no futuro próximo.

1. Queda de Murdock

Daredevil-born-again1
Em primeiro lugar não poderíamos ter outra HQ que não fosse Queda de Murdock, clássico absoluto do personagem roteirizado mais uma vez por Frank Miller com desenhos de David Mazzucchelli. Esta história coloca Matt Murdock no limite após o amor de sua vida, Karen Page, vender sua identidade secreta para o Rei do Crime, que aqui se consolida como um dos maiores antagonistas do herói e faz de sua vida um verdadeiro inferno.
Karen, usuária de drogas, tem grande importância na trama, que também mostra o real paradeiro da mãe de Matt num momento onde o mundo do personagem passa por uma desconstrução completa. Com participação do Capitão América e breve aparição dosVingadores, fica difícil não colocar esta entre as melhores histórias solo de um heróiMarvel.
Vale lembrar que esta edição também foi publicada recentemente pela editora Salvat em sua coleção de encadernados de capa preta e não é difícil de ser encontrada.
Este foi o nosso Top 5, mas existem muitas outras histórias solo e participações marcantes do Demolidor nas HQs. Continue nos acompanhando para saber o que achamos da série, que nos pede uma maratona de Netflix e tem resenha garantida no final de semana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário