terça-feira, 21 de abril de 2015

AS VOZES FEMININAS CANTANTES LATINAS MAS OUVIDAS NO MUNDO





As grandes musas da musica:

1° - Com 90 milhões de discos vendidos ao redor do mundo, Gloria Estefan não é apenas uma cantora. É também um símbolo político de resistência contra a ditadura comunista imposta em Cuba ainda no século passado. Tendo fugido do país, a cantora iniciou a sua carreira artística em território americano com o Projeto Miami Sound Machine, que gerou hits como “Conga”, provavelmente a canção latina mais expressiva no mundo todo. Gloria é reconhecida como a artista hispânica mais bem sucedida de todos os tempos, e tem o respeito não só dos fãs, de toda a crítica especializada e a classe política e intelectual americana, assim como a de diversos outros países. Sua luta por uma Cuba livre da miséria e da ditadura é seguida por grande parte dos latinos residentes nos Estados Unidos. Gloria é a voz de um país que está submerso na censura há mais de meio século!

2° - Cantora, compositora, coreógrafa, empresária, são apenas algumas das ocupações de ShakiraNo total, a colombiana recebeu mais de 250 prêmios entre 380 indicações. Mais de 30 Billboard Awards, 12 Grammy, 5 AMA e 4 VMASeu primeiro álbum Peligro foi um sucesso nas rádios colombiana, mas um fracasso nas vendas. Mais tarde, em 1993, venceu um concurso no Chile no qual um dos jurados era Ricky Martin.  É considerada a cantora latina mais amada por nós brasileiros, foi aqui no Brasil que seu terceiro álbum Pies Descalzos teve uma das melhores recepções. Pouco depois houveram algumas versões em português das músicas do álbum. Até hoje, Shakira já vendeu pouco mais de 75 milhões de álbuns e 50 milhões de singles mundialmente.

3° - Considerada a rainha do pop latino, Thalia é um dos maiores ícones hispânicos de todos os tempos. Sua trilogia das Marias, produção da gigante Televisa, rodou todo o globo tendo sido exibida em mais de 180 países e acumulando um total de 2 bilhões de telespectadores. Thalia vendeu cerca de 65 milhões de discos ao redor do mundo, e foi eleita pelo tabloide britânico The Sun como uma das 50 cantoras que nunca serão esquecidas. Thalia é a maior influência de quase toda a nova geração de artistas latinas, e uma grande referência de beleza, sendo reconhecida carinhosamente pelo público e mídia como “A Imperatriz da Beleza”, ganhou vários prêmios como cantora, e um Grammy.



4° - Laura Pausini é a musa europeia da nossa lista, por ser considerada a cantora italiana mais popular dos dias atuais. O italiano é uma das línguas irmãs do nosso português, e em se tratando de idioma a diva não perde, além de suas canções em italiano, interpreta em espanhol, português, francês e inglês. Laura integra a lista dos maiores recordistas em vendagem de discos, como a terceira maior artista italiana, ultrapassando a marca de 70 milhões de cópias vendidas.


5° - Cantora, compositora e atriz, Gloria Trevi nasceu em Monterrey em 1968. Ainda pequena, mostrava interesse pelas artes e também pela música, principalmente pelo Rock. Seu primeiro contato com a TV foi num concurso da TELEVISA para escolher uma sósia da atriz Lucerito, mas isso não ajudou muito em sua carreira. Em 85, entrou para um grupo feminino chamado “Boquitas pintadas”, que também não deu certo e encerrou no mesmo ano. Nos anos 90, ela reencontrou seu produtor, Sergio Andrade e acabou tendo um caso com ele, que decidiu dar aquela mãozinha para que sua carreira decolasse. Seus álbuns sempre trabalhavam a sensualidade e o duplo sentido e eram sucessos de venda. Vendeu mais de 5 milhões de álbuns na época e também fez sucesso vendendo calendários com fotos suas com trajes sensuais, cadernos, figurinhas, maquiagem e bonecas. Sua vida sempre foi um pouco problemática, principalmente no quesito relacionamento. Em 1999, uma ex-mulher de Sergio denunciou na TV o envolvimento dele com drogas e exploração sexual, o que foi agravado pelo surgimento de uma adolescente grávida que o apontava como pai da criança. Com as acusações, foram considerados foragidos, então fugiram do México e acabaram no nordeste brasileiro e depois no Rio de Janeiro onde acabaram sendo presos em 2000. Anos depois, reiniciou sua carreira musical com os álbuns “Cómo Nace El Universo” em 2004, “La Trayectoria” em 2006 e “Una Rosa Blu” em 2007 que vendeu mais de 50 mil cópias no dia de seu lançamento. No total, Gloria já vendeu mais de 20 milhões de discos ao redor do mundo.


6° - Maite Perroni tinha tudo para ter sido ignorada pelo público. Entrou no RBD com o bonde já caminhando, no que havia sido programado para ser apenas uma participação. Foi tão bem recebida pelo público que passou a integrar o elenco fixo e a fazer parte da banda. Com o término do grupo, todas seguiram suas carreiras individuais lançando seus discos e foram bem sucedidas. Mas Maite optou por um caminho diferente e consolidou o seu nome na Televisa, a maior produtora de telenovelas do mundo, tornando-se uma das personalidades mais queridas e bem pagas do México. Em 2013 lançou o seu primeiro disco e impressionou a todos por conta do caminho musical que decidiu seguir. Diferente das suas colegas, que optaram por tentar reproduzir o pop americano em espanhol, Maite manteve as suas raízes latinas, mesclando música pop com ritmos regionais. Decisão artística arriscada da moça, em tempos onde a influência americana massacra todos os ritmos existentes. Maite definitivamente merece ser admirada por isso! Em carreira solo, ela vendeu 4 milhões.

7° - Uma carreira que poderia ser muito bem aproveitada, mas eis que ela preferiu ser só estrela   Paulina Rubio. A cantora iniciou a sua carreira no grupo Timbiriche, ao lado de Thalia (com quem mais tarde desenvolveu-se uma rivalidade) e outras estrelas da televisão mexicana. Paulina já vendeu mais de 20 milhões de cópias ao redor do mundo e recentemente participou do X-Factor americano ao lado de Demi Lovato e Kelly Rowland. A cantora é bastante conhecida em território mexicano por ser uma das que mais abusam do fator sexualidade em suas produções. Sempre muito ousada, Paulina nem sempre agrada os mexicanos e, ao mesmo tempo que é uma grande estrela no país, sofre com uma onda de negatividade por conta dos haters, algo parecido com a estrela brasileira que usamos como referência lá na primeira linha.



8° - Nem só de rebeldia vive essa ruiva! Dulce Maria é uma das maiores propagadoras da música latina no mundo. Entre milhões de discos, Dulce já vendeu 4 milhões de DVDs e 17 milhões de singles digitais. Sua carreira começou muito cedo quando era atriz de comerciais de TV e ao todo, ela participou de mais 100 campanhas publicitária durante a infância. Aproveitando o sucesso nas telinhas, ela estrelou no programa infantil “Plaza Sésamo”, versão mexicana de “Vila Sésamo” onde teve a primeira oportunidade de cantar profissionalmente e depois do programa “El Club de Gaby”. Depois de tanto sucesso, entrou para o grupo “KIDS” em 1996, onde recebeu seus primeiros prêmios de reconhecimento musical. Aos 15, entrou para a banda “Jeans”, formada só por meninas, nesta época, teve a oportunidade de viajar para a Europa para gravar o disco “Cuatro Para Las Cuatro”. Em 2002, Dulce saiu de seu grupo musical a fim de se dedicar à novela “Classe 406” dirigida por Pedro Damian. A novela originou um grupo musical onde ela também cantava. Momentos depois, Pedro viu a qualidade da atuação de Dulce, convidou para fazer parte do núcleo da novela Rebelde, projeto que foi fenômeno mundial. Com o RBD, visitou mais de 40 países e consolidou sua carreira. Em meados de 2008, com o fim do grupo, Dulce passou a investir na carreira solo e escreveu um livro de poemas intitulado “Dulce Amargo”. Em 2009, assinou com a Universal Music e no ano seguinte, lançou seu primeiro álbum “Extranjera” que teve sua primeira parte em 2010 e sua segunda parte em 2011. Neste ano, lançou “Sin Fronteiras” que teve participação da brasileira Manú Gavassi na faixa “Antes Que Ver El Sol”.


9° - Belinda nasceu na Espanha, mas ainda cedo mudou-se para o México, onde futuramente consagraria sua carreira musical e televisiva. Seu primeiro álbum autointitulado, de 2003, recebeu premiações por vendas na Argentina, México e Estados Unidos, tendo vendido mais de 3 milhões de cópias mundiais. Em 2009 ganhou seu primeiro Grammy Latino, pelos trabalhos do álbum Utopia, A cantora já vendeu mais de 16 milhões de álbuns desde o lançamento de seu primeiro álbum em 2003. Antes da música, a cantora iniciou seu trabalho artístico na televisão em 2000, mas apenas dois anos depois que protagonizou seu trabalho de maior sucesso até então: a novela da Televisa “Cómplices al Rescate” (“Cúmplices de um Resgate” no Brasil, exibida pelo SBT), como as gêmeas Mariana e Silvana. Em toda a carreira, Belinda recebeu 28 premiações, dentre eles três prêmios MTV Latinoamerica Grammy e uma indicação ao Billboard. 

10° - Considerada uma das 10 mulheres mais influentes do México em 2011, Anahí nasceu na Cidade do México em 1983. Começou sua participação na TV aos dois anos de idade no programa “Chiquilladas”, um programa de variedade infantil. Todos se impressionavam com ela, pois mesmo tão pequena, já mostrava ter um talento incrível. Depois de muita dedicação aos programas televisivos, ingressou na carreira musical, gravando quatro discos solos que foram sucesso no México. Em 2000, foi convidada para protagonizar pela primeira vez na novela “Primer Amor – A Mil Por Hora”. Dois anos depois, foi convidada para interpretar um papel na novela “Classe 406”. Antes de entrar, enfrentou problemas graves de distúrbio alimentar chegando a pesar 35Kg, mas o problema fui superado e junto com a Televisa, lançou uma campanha para ajudar pessoas com a doença. Seu reconhecimento mundial veio com o RBD, projeto que junto com sua companheira de trabalho, Dulce, foi fenômeno mundial. Depois do término do grupo em 2008, a cantora lançou um álbum intitulado “Mi delírio”, que em 2010, teve a sétima turnê mais lucrativa do primeiro semestre segundo a Billboard. Em 2012, deu uma pausa na carreira para cuidar da vida pessoal. No ano passado, ela lançou o single "Absurda" que repercutiu muito bem ficando em #1 no Latino Top 20 Hits no Brasil e no Top 5 Bolívia. Estima-se que em sua carreira solo, tenha vendido 3 Milhões de CDs.

Menção honrosa
Selena, cantora que foi assassinada em 1995,  até sua morte havia vendido cerca de 23 milhões, após seu falecimento, as vendagens  começaram a subir, e hoje 20 anos depois de sua morte, ela vendeu mais de 60 milhões de copias.


Nenhum comentário:

Postar um comentário