sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

TV GLOBO INTERNACIONAL APOSTA TUDO EM : DUPLA IDENTIDADE


http://www.globotvinternational.com/modMedias/products/234/created/prod_area_1_es.jpg
Dupla Identidade’, escrita pela premiada Glória Perez ("El Clon") é nova série dramática que a GLOBO apresenta ao mercado internacional durante o Natpe 2015, em Miami. Com a tecnologia 4K, que oferece quatro vezes mais pixels que a filmagem em HD, a trama gira em torno do serial killer Edu (Bruno Gagliasso, ‘India, Una historia de Amor’). Aos olhos de todos, Edu é bonito, inteligente, articulado e sensível. Mas na verdade, não sente compaixão ou empatia por nada nem ninguém. Mata por puro prazer.
‘Dupla Identidade’ é o primeiro seriado inteiramente gravado e pós-produzido em tecnologia 4K, numa parceria da Sony com a TV GLOBO. Pela primeira vez, em todas as etapas que envolvem a criação de um programa na TV brasileira, desde a captação até a edição de efeitos visuais, está sendo usada a tecnologia ultra-high definition - que proporciona maior definição e qualidade de imagem e as transforma em experiências muito próximas do real para o telespectador.
A trama de ‘Dupla Identidade’ conta ainda com a emocionalmente instável Ray (Débora Falabella, ‘Avenida Brasil’), uma mulher sensível, batalhadora, que trabalha com moda e cria sozinha sua filha. Ray encontra em Edu a personificação do homem ideal, sem desconfiar de sua dupla identidade. E Edu encontra na jovem o álibi perfeito. Na busca pela resolução dos assassinatos, há um núcleo investigativo comandado pelo delegado Dias (Marcelo Novaes, ‘Avenida Brasil’) e pela psicóloga forense Vera (Luana Piovani, ‘Palea o Amor"’), que estuda o comportamento criminoso e foi chamada especialmente para integrar a equipe. O suspense em torno dos pensamentos e crimes de Edu irão permear toda a história. Quem será sua próxima vítima? Quando ele irá atacar novamente? Como ele consegue enganar todas as pessoas à sua volta?
Para transmitir um tom ainda mais realista ao seriado, a maior parte das gravações foi feita em locações externas, em bairros do Rio de Janeiro. No total foram mais de cem sets, entre cenários e locações. Tudo pensado em conjunto com a fotografia e o figurino para imprimir verdade, mas ao mesmo tempo manter o tom de suspense da atração. O cenário da Superintendência de Polícia, construído, se destaca na cenografia da trama. São três andares que comportam uma sala de inteligência – espaço de monitoramento com telas que reproduzem imagens da cidade – salas com equipamentos técnicos de pesquisa e segurança, sala de interrogatório, laboratório de perícia, stand de tiros, sala do delegado e até a copa para a hora do café dos policiais.
‘Dupla Identidade’ possui 10 capítulos de 1 Hora, já no Brasil teve 13 episódios de 45 min.

Nenhum comentário:

Postar um comentário