sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

TE ONDE VEIO A BETTY ,A FEIA VOCÊ SAIBAI ? UMA GRANDE CURIOSIDADE DESSA NOVALA É O ESCRITOR E UM DOS MAIORES SERIADOS AMERIANCOS

Reprodução
Um tapa na cara de quem acha que série americana é superior às novelas.

O que mais existe no mundo é gente com mentalidade de classificar cultura como boa ou ruim. E esse mesmo tipo de pessoa costuma consumir produtos culturais estrangeiros e sair pagando de entendedor enquanto critica as novelas que são “sempre as mesmas”. Longe de mim de ficar defendendo as novelas ou atacando os seriados, apenas acho que cada um é feito para públicos com gostos e costumes diferentes.
Há algum tempo houve um processo de “novelização” dos seriados americanos, em parte porque visam esses imigrantes latinos que ocupam uma grande parcela da população dos EUA, e muitos seriados ficaram parecendo uma novela com mais recursos e menor duração. Não vejo tanta diferença entre “Dawson’s Creek” e “Malhação”, ou então características que façam “Revenge” estar “muito acima” de algo surreal como “Salve Jorge”.
E por que enrolei tanto? Porque um desses seriados que mais se parecem com uma novela é “Grey’s Anatomy”, uma história que há dez anos vem contando tramas dramáticas repletas de sexo se passando em um hospital (qualquer semelhança com uma novela de Walcyr Carrasco é apenas coisa da sua cabeça). A série médica parece tanto uma novela, mas tanto, que a Colômbia a transformou em uma novela!

“A Corazón Abierto” foi exibida na Colômbia em 2010 e ficou no ar por quase um ano. Os personagens foram todos inspirados nos originais do seriado, com nomes trocados, lógico. Meredith Grey virou Maria Alejandra Rivas Cavalier, Derek Shepherd agora é Andrés Guerra e a oriental Cristina Yang agora atende pelo nome de Cristina Solano.
Uma das curiosidades mais interessantes dessa novela é saber quem estava por trás do roteiro: Fernando Gaitan. Caso não tenha associado o nome à pessoa, Fernando é o autor e criador de “Café com Aroma de Mulher” e “Betty, a Feia”.
Bem que alguma emissora brasileira poderia fazer algo parecido e comprar os direitos de uma série para a produção de uma novela brasileira. “Desperate Housewives”, por exemplo, daria uma novela muito boa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário